9

Fé, amizade e amor

Em tudo o que a gente quer e deseja na vida, temos que ter fé e esperanças...e claro,
temos que correr atrás também , pq nada cai do céu e quando cai , nunca damos o devido valor.
Eu falo isso pq tenho uma amiga  que divide comigo a grande luta  pela busca da realização do maior sonho da vida dela.
Minha luta é vencer a infertilidade e ter no mínimo 2 filhos.A dela é achar a alma gêmea e casar. Tudo isso
parece tão simples né?Mas só parece...
Através disso vejo que muitas e muitas pessoas vivem em busca de um sonho...e todas elas persistem...
é óbvio que algumas fraquejam , mas na maioria das vezes não sossegamos enquanto não nos sentimos
realizadas(os).Mas pra isso temos que ter fé em Deus e em nós mesmos.
Quando não nos valorizamos e achamos que não somos capazes , não adianta...não vai acontecer.
Essa minha amiga e eu damos força uma pra outra e quando uma quer fraquejar, a outra vem e fala: Pera lá...e a fé e a esperança?Isso não podemos perder jamais.E...na minha segunda FIV , senti que minha fé aumentou.Eu acredito em mim e confio em Deus.
Mudando de assunto...
A noite passada tive um pesadelo terrível , se é que existe algum pesadelo que não seja...
Enfim, sonhei que meu marido tinha morrido. Chorei demais e fiquei desesperada.Graças á Deus ,alguma
coisa me fez acordar e eu pude ver a realidade.Ele estava vivo.Meu amor, meu companheiro, estava VIVO!
Que alegria.Resolvi então fazer alguma surpresa pra ele ...pra ,mostrar que durante o meu dia eu estava pensando nele ...queria demonstrar um pouquinho do meu amor com um gesto , mas com algo simples e legal ao mesmo tempo.Pensei em mandar um carro com aquelas mensagens faladas , mas minha amiga disse que a idéia era ruim...pensei então em uma cesta de café da
manhã, mas achei todas caras e sem qualidade.Enfim, optei por mandar um cesta de chocolate pra ele.
Eu poderia ter ido ao shopping comprar um chocolate bem gostoso da CACAU SHOW ou COPENHAGEN ,mas eu queria que fosse entregue no serviço dele e nesse caso não daria certo.
Liguei em um lugar desses de cestas que tem perto de casa e encomendei.Paguei  R$55,00.Acho que foi
caro pelo conteúdo ,mas minha idéia era surpreender, então combinei tudo com a mulher. Pra falar a verdade ela faz uns chocolates bem gostosos , não posso desvalorizar a mão de obra dela.
Bom, ele gostou.Me ligou agradecendo e disse que eu sempre fico sem falar com ele de besteira ...
disse que não valorizamos as pessoas enquanto elas estão vivas e quando morrem ficamos chorando.
Quanta verdade!
E pensando bem ,quantas oportunidades perdemos de falar EU TE AMO , de dar um SORRISÃO pro marido ao invés de ficar bicuda,emburrada... , de ABRAÇAR e BEIJAR sem segundas intenções.
Fico pensando em como nossos maridos sofrem com a gente.
Eles também tem suas esquisitices, mas nada comparado aos nossos xiliques.
Mas sabe, ás vezes eu brigo comigo mesma, pq não brigaria com ele?rsrs
Existem momentos em que eu estou mais na minha , não quero falar muito , mas não é nada com
ninguém.É só um estado de espírito que passa logo.
Mas sabe de uma coisa....eu sou tão esquisita...


9 comentários:

Val disse... [Responder o Comentário]

Oi Tati, concordo contigo...eu também tive o mesmo pesadelo outro dia e acordei chorando... que sensação terrível...
Mas minha mãe diz que isso é sinal de vida...enfim, a nossa vida é passageira temos a possibilidade de viver bem ou mal e as vezes só ficamos emburrada, triste, lamentando...e deixamos de ver que o fato de estar viva, de ter nossos pais com saúde, nosso marido, irmãos, amigos, estar empregada, tudo é um presente...
Eu sempre fui católica, mas daquelas não praticantes, até que fui convidada para assistir a missa de corpus christi nesse ano, e quando entrei na igreja atrasada estavam fazendo uma leitura biblíca sobre uma mulher que desejava ter filhos, e na passagem biblíca, um profeta dizia que dentro de um ano ela estaria grávida, na hora me emocionei muito era para mim o recado e desde então frequento a missa todos os domingos... e me sinto melhor, mais amparada.
Só temos mesmo a Fé em Deus, nada mais. Aproveite seu marido muuuuuito, pois logo logo terá que se dedicar ao seu bebê...grande beijo

Maria Livia disse... [Responder o Comentário]

Tati, vc disse várias verdades. Sabe que outro dia, não sei pq me deu um tremor incontrolavel no minguinho. Fiquei apavorada com a idéia de ser Parkinson (neurótica, eu?), pois acho que li um caso que começou assim. Depois percebi que era a posição que eu estava escrevendo no computador que fazia isso. Menina, me deu um alívio. Pensei em como sou feliz por ter saúde, um marido, ma vida pela frente, foi tão reconfortante. A gente ainda não aprendeu a dar o devido valor a tudo que temos. A gente sempre busca a felicidade em algo que está faltando, mas eua cho que o segredo da felicidade é justamente enxergar de verdade o que temos, né?
Bjinho!

chaverdecomlimao disse... [Responder o Comentário]

Tati, quanta verdade você falou nesse post!
Nossa, a gente precisa perder para dar valor! E o teu sonho (ou pesadelo) foi um aviso de que algo estava errado e que você poderia ver e consertar a tempo!
Se tem uma coisa que meu marido me ensinou é ter paciência, ter bom humor sempre e cultivar a relação todos os dias. Faz 3 anos que estamos juntos. Parece pouco, mas todo dia é como se estívessemos no começo do namoro, porque ele (mais ele do que, é bem verdade) nunca deixa de lado um abraço, um beijo, um carinho.
Todo mundo tem defeitos e ele também tem, claro.
Aprendi que eu era muito pavio curto nos meus relacionamentos anteriores. Nem eu me aguentava! Que bom, aprendi! As coisas acontecem pra gente evoluir. E hoje eu ficaria muito triste, muito chateada se ele não estivesse comigo, pois ele me ensina a cada dia como ser uma pessoa do bem, tranquila.
É a gente tem neuroses e esquisitices... são os hormônios...
Nossa, não escrevi um comentário, escrevi um post! heheheh... mas isso dá pano pra manga!
Beijos e fique bem!!!

Tati disse... [Responder o Comentário]

Val, Maria Livia e Bibi
Se pudéssemos enxergar sempre o que temos ,sem nos lamentar com o que nao temos , seríamos muito mais felizes e menos neuróticas né...
Quando a gente vai á igreja , parece que sempre a palavra é pra gente , curioso isso.É DEUS falando conosco.Chega a dar arrepios.
Voltando aos nossos maridos , não vou dizer que são uns santos....rsrs,mas que eles deveriam ganhar um prêmio por nos aturar , ahhh deveriam...
Um grande beijo á todas

Ane disse... [Responder o Comentário]

Quando descobri a infertilidade e comecei a xingar o mundo e a reclamar que era injusto, que qualquer drograda cheirava cueca e engravidava, uma amiga me disse “mas querida, elas adorariam ter o que vc tem... ser bem sucedida, bonita, com um casamento feliz e realizada....” E aí eu pensei... É VERDADE! Cada um tem a suas dificuldades... a minha é essa, fazer o quÊ? Tentar resolver enquanto tiver condições, e se não der certo, A-CEI-TAR! Mas é difícil, não é? Força, hein?

Dalila disse... [Responder o Comentário]

Ahh girl, sabe aquela música?" É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, pois de vc parar para pensar, na verdade não há!"
Olhe a sua volta e imagine qualquer uma das pessoas que vc ama longe de vc. É desesperador.
E mesmo assim, tem dias que não temos tempo para visitar a mãe...
Outros que nao dá tempo de conversar com o marido...
ou Encontrar os pais no final de semana para conversar...
Ou Ir jantar com um irmão...
Nao sabemos ate quando cada um deles estará aqui, ou ate quando nós estaremos...
Só temos agora para aproveitar cada um. Agora que estamos com saúde, agora que nada de grave aconteceu, agora que estamos bem. Não sabemos amanhã...
Beijos e aproveite o dia, ao lado daqueles que vc ama!

Dalila disse... [Responder o Comentário]

Tati, vc perdeu um irmão? Vi agora no seu perfil... Vi que é sua saudade.
Perdi o meu há 8 anos, vítima de um assalto. Ele tinha 25 anos.
Não existe um dia na minha vida que eu não me lembre dele. Nem um dia em que não lamente e que pense que gostaria de falar isso ou aquilo para ele. Essa experiência me mudou muito, pois antes a falta de alguém próximo era amedontradora, mas distante e então, de um minuto para outro, isso passou ser real. E devastante. Horrível. Sólido. E nada pode voltar a ser como era antes depois disso.
Mas a vida não é fácil ou boa para ninguém. Cada um tem suas cruzes para carregar.
O que podemos fazer é o melhor, com o que temos: nossa vida, nossa saúde e a companhia de todas as pessoas que estão aqui conosco. Pois tudo isso também é passageiro.
Bjs
(sorry pelo tom deprê)

Tati disse... [Responder o Comentário]

Sinto muito Dalila.É muito triste perder alguem que a gente ama.Imagino sua dor.Graças á Deus , não perdi meu irmão , é que não o vejo há muito tempo.Ele mora fora do Brasil.
Procure pensar que seu irmão está bem e quem sabe, olhando por vc .
Eu tenho pavor de imaginar minha vida sem as pessoas que eu amo. Sempre penso que eu quero morrer antes de todo mundo.Que egoísta né...
Temos que aproveitar mesmo...
Isso que vc falou sobre não saber até quando estaremos aqui ,me dá arrepios de pensar.
Não se preocupe em dizer o que sente , estamos aqui pra isso.Me sinto lisonjeada por vc se abrir comigo.
Um grandeee beijo , fica bem ta?

Tati disse... [Responder o Comentário]

Oi Ane. é verdade mesmo.Cada um está em busca de algo, alguma coisa.Com certeza essas pessoas gostariam de estar no seu , no meu lugar.
É meio confuso mesmo vc ver essas mulheres de rua tendo filhos adoidado , com a maior facilidade e quem tem melhores condições de vida , nessa luta que parece não ter fim nunca.
Mistérios da vida...
Um beijo Ane , obrigada por estar aqui.

Postar um comentário