13

Falando um pouco de amor


Quem nos acompanha já sabe que o nosso pequeno Kenji fará 1 aninho no mês que vem. E todos sabem também que tive muita dificuldade em engravidar.

Durante a minha longa e difícil luta em realizar meu grande sonho , muitas vezes chorei , desanimei , me entristeci e depois de um tempo voltava a ter novas esperanças .E a vida seguia assim , nesse vai e vem de expectativas.

Mas sabe , bem lá no fundo eu sentia que eu não iria conseguir.Eu sabia que deveria lutar até o fim , até não existir mais nenhuma possibilidade , mas no meu pensamento , era só pra poder dizer pra mim mesma que eu lutei, que eu fui atrás do meu sonho , que a minha parte eu tinha feito.

Quando fiquei grávida do Kenjinho , me senti imensamente feliz , mas o medo de que essa felicidade acabasse tomou conta de mim.E esse medo me fez ficar nervosa a gravidez inteira.
Eu só fiquei tranquila de verdade quando meu amorzinho nasceu e os médicos disseram que ele estava ótimo , que era saudável e perfeito.

Engraçado que quando o vi pela primeira vez , não senti aquele amor de mãe , esse que eu sinto hoje.Claro que fiquei muito feliz , mas sei-lá , parece que durante toda a gestaçao , meu marido e eu tentamos não nos apegar muito a ideia de que seríamos pais , tamanho era o nosso medo de ver nosso sonho acabar a qualquer momento.
E quando o Kenjinho nasceu , não sei explicar o que senti.Eu ainda não acreditava que tinha dado tudo certo.Minha ficha realmente só foi cair quando saímos da maternidade com ele.Nós 3 , juntinhos , como planejávamos á muito tempo.

Os dias foram passando e vi como aquele serzinho era importante pra mim , pra nós.

A gente sempre imaginava cenas de como seria com o nosso filho e a cada mês que eu ficava menstruada , o nosso sonho parecia mais impossível de se tornar realidade.

Eu já amava meu filho mesmo antes dele nascer .Eu não sabia , mas eu já amava desde sempre , desde que resolvi que queria ser mãe.
E nos tornamos mães desde o momento em que temos nosso positivo .

Como é grande , e forte , intenso o meu amor por ele. É um sentimento que nunca senti antes . E esse amor é tão delicioso de sentir que tenho até medo. Medo que tudo acabe , que dure pouco. Medo de ficar sem ele .

Tenho vontade de beijar , de morder , de apertar e abraçar toda hora , de tão gostoso que é esse meu filho.
Com ele tudo é mais especial , mais colorido , mais alegre.

Eu não entendo como pode existir mães que jogam filhos no lixo , que doam pra adoção como se fossem "coisas" , ou mesmo as que optam por ficar com eles , mas que judiam , maltratam , espancam.
Essas não são mães , são apenas as parideiras .
Coitadas !Elas não sabem e nem nunca saberão o que é o verdadeiro amor.

Kenji , meu amor , se um dia vier aqui e estiver lendo esse texto , saiba que lutamos muito para que você nascesse e que te amaremos para sempre , porque é com você que aprendemos o verdadeiro significado da palavra AMOR.
 
Pensávamos que éramos felizes , mas quando você chegou ,nos mostrou que felicidade era muito mais que aquilo . Felicidade é ter você com a gente.

É MUITO AMOR!
 

13 comentários:

Val disse... [Responder o Comentário]

Tati, lendo seu relato me identifiquei em grande parte antes do nascimento. sinto a mesma coisa um medo enorme. me culpo muito por isso e estou tentando me livrar desses pensamentos. Realmente é o amor em sua maior extensão.
Parabéns pelo Kenjinho, que é uma benção na vida de vocês, beijos Val

Thaty Oliveira . disse... [Responder o Comentário]

delicia esse peitinho! hahah *-* Comigo foi assim, agente fica insegura né?! porém tive uma gravidez cheia de complicações e só acreditei que enfim, era mãe na primeira amamentação. Boa noite.

Juliana Marchioro disse... [Responder o Comentário]

Que lindo amiga!!! Chorei ao ler esse texto.
É um amor que só quem é MÃE consegue entender...
Beijinhos em vocês

Dinha disse... [Responder o Comentário]

LIndo!!!!Só amor!!!Desculpe pela minh ausência, mas vc sabe a minha dor, espero que eu possa viver esse amor.
Bjs

Simone Freitas disse... [Responder o Comentário]

Menina me emocionei a cada palavra escrita. Lindo lindo lindo!
Essa felicidade é que nos faz acreditar e amar cada dia mais nossos pequenos.
Falta pouco para o Kenjinho completar seu primeiro aninho, que delícia!
Que essa felicidade se torne cada dia mais plena!
Bjs

Juliana disse... [Responder o Comentário]

até chorei amiga!!! Uma graça seu pequeno! Amor mil para vcs! Bjus

Juliana Marchioro disse... [Responder o Comentário]

Amiga, por aqui as coisas são bem agitadas, a Laurinha não quer saber de colo não, é só chão... corre pra todo canto, não tenho mais paz hahaha...
O Kenjinho que ta certo, tem que ficar coladinho na mamãe mesmo hahaha
Beijinhos em vocês

Andreia Cristina disse... [Responder o Comentário]

Também esperei muito e o Pititico foi um milagre. É realmente incrível esse amor incondicional que surge quando nos tornamos mãe.

Bj!

Rose disse... [Responder o Comentário]

Nossa amiga.....me identifiquei com seu post.....mas q bom q deu tudo certo....e vc esta ae com seu lindinho.....Deus os abençoe!!! Bezu em vc e no kenjinho :)

Rose disse... [Responder o Comentário]

Ownnn q lindo post......Deus os abençoe!..... I love kenjinho

Rose disse... [Responder o Comentário]

Nossa amiga.....me identifiquei com seu post.....mas q bom q deu tudo certo....e vc esta ae com seu lindinho.....Deus os abençoe!!! Bezu em vc e no kenjinho :)

Nal Pontes disse... [Responder o Comentário]

Que lindo o seu príncipe, q acabei de conhecer
qd Deus quer é assim, para Ele nada é impossiviel. Vem conhecer os meus cantinhos será um prazer vc lá. bjss

Nal Pontes disse... [Responder o Comentário]

OI, Voltei aqui para agradecer sua doce visita. É muito lindo ver seu principe no meu blog quero ver tmb no meu outro cantinho.

Postar um comentário